Archive for julho, 2011

Incêndio em empresa de gerenciamento de arquivos em Jandira/SP consome milhões de documentos – 04.07.2011

O incêndio em uma empresa de gerenciamento de arquivos no km 33 da rodovia Castello Branco, no município de Jandira (Grande São Paulo) começou por volta das 16h do dia 4 de julho de 2011, uma segunda-feira. O sinistro durou por vários dias.

Para demonstrar a seriedade do sinistro, na quarta-feira seguinte, 12 veículos e 53 homens do Corpo de Bombeiros de São Paulo ainda atendiam a ocorrência, que não deixou vítimas.  Quando da edição deste post ainda não havia previsão de início do rescaldo – fase necessária para que os peritos iniciem a vistoria que tente identificar as causas do incêndio.

Segundo os bombeiros, a dificuldade de combate aos focos está no fato de haver grande quantidade de materiais combustíveis, em sua maioria papel, no local e também pela superfície e profundidade com que queimam. De um total de 3.000m² de área, pelo menos metade foi consumida pelas chamas.

A empresa atingida, a Interfile, é uma das maiores no país especializada na guarda e gerenciamento de documentos de terceiros. Entre seus clientes há desde grandes empresas a instituições bancárias. Ela iniciou as atividades em 1991.

No vídeo abaixo com fotos da Internet e reportagem do Portal G1 é possível avaliar a extensão do sinistro:

Segundo o Site da Interfile, na página que trata de arquivos é dada a seguinte informação:

QUOTE

O serviço inclui a guarda de mídias, livros, plantas, projetos etc. Cada unidade de arquivo é indexada e recebe manutenção física (ambiente climatizado, equipado com porta corta-fogo, limpeza, controle de pragas e umidade).

UNQUOTE

Considerando a existência de portas corta-fogo é de se imaginar que o ambiente total foi repartido em áreas segregadas divididas por paredes e portas corta-fogo, mas a amplitude e os resultados do sinistro mostram que este sistema não funcionou como esperado.

A proteção de ambientes com documentos empilhados em estantes como mostra a fotografia do Site da Interfile sugere além da compartimentação da área de risco o uso de sprinklers, e no caso, como a altura das estantes é elevada seria usual prever sprinklers intermediários.

Neste caso, para um grau maior de combate a incêndio poderia ser usado um Sistema de Espuma de Alta Expansão (material técnico a respeito: http://www.risco.com.br/NL/MOL/09/Espumas-Alta-Expansao.htm) por sua baixa quantidade de água e rápida ocupação de volume, combinado com sprinklers como proteção de retaguarda, neste caso os sprinlkers são selecionados para uma temperatura maior para dar tempo para a espuma agir, ocupando todo o espaço envolvido.

No caso de documentos de altíssima responsabilidade é aconselhada a construção de uma sala cofre estanque dotada de paredes resistentes às chamas, portas corta-fogo e manter o ambiente protegido por um agente extintor gasoso e inerte que não causaria danos ao material protegido.

A seleção de um ou outro sistema de combate a incêndio em áreas de estocagem de documentos geralmente á definida por um estudo de risco em função da responsabilidade envolvida com a estocagem e a importância dos documentos a serem estocados. Isto define inclusive o projeto estrutural e por sua vez a construção do galpão em si.

Anúncios

julho 6, 2011 at 8:31 pm Deixe um comentário

O importante laboratório de Los Alamos nos EUA ameaçado por gigantesco incêndio florestal – 28.06.2011

Bombeiros contiveram o fogo que começou em uma área remota do Los Alamos National Laboratory (LANL) – Laboratório Nacional de Los Alamos.  Funcionários da segurança informaram que o incêndio em Las Conchas, que tinha alastrado até a borda sul da Rodovia 4 do Estado do Novo México,  na  fronteira  sudoeste do laboratório, atravessou a estrada para o norte na manhã de 27 de junho.

A foto de satélite abaixo, tirada em 27.06.2011, mostra a área deflagrada e a posição da Los Alamos:

Equipes de combate ao fogo pelo ar despejaram água na área do Laboratório Técnico 49 com isto controlaram o fogo.  A área havia sido saneada de combustíveis do subsolo nos últimos anos. Cerca de um hectare queimou e o Laboratório não detectou liberação de contaminação para fora da área. Não houve registro de outros incêndios na área do Laboratório até então. Nenhuma das instalações do Laboratório enfrentava ameaça imediata, e todos os materiais nucleares e perigosos estavam sendo mantidos sob controle e protegidos. Locais de interesse de meio ambiente foram monitorados e os especialistas em qualidade do ar agiram em coordenação com a Agência de Proteção Ambiental dos EUA.

Charles Mcmillan, Diretor do Laboratório de Los Álamos disse, em comunicação ao Governador do Novo México e outras autoridades estaduais, reportando sobre o incêndio florestal de Las Conchas e seus impactos potenciais sobre as instalações do Laboratório:  “Nossos esforços nos últimos anos para diluir os combustíveis do solo ao redor do laboratório, juntamente com a redução em combustíveis causados ​​por incêndios históricos na área, estão ajudando a proteger o laboratório e a cidade”.

A foto da cidade de Los Alamos, tirada na noite de 28.06.2011. mostra a rpoximidade das chamas:

Charles Mcmillan, Diretor do Laboratório de Los Álamos disse em comunicação ao Governador do Novo México e outras autoridades estaduais, reportando sobre o incêndio florestal de Las Conchas e seus impactos potenciais sobre as instalações do Laboratório:  “Nossos esforços nos últimos anos para diluir os combustíveis do solo ao redor do laboratório, juntamente com a redução em combustíveis causados ​​por incêndios históricos na área, estão ajudando a proteger o laboratório e a cidade”.

Funcionários de segurança do Laboratório de Los Alamos também anunciaram que o Laboratório permanecerá fechado por algum tempo por causa dos riscos apresentados pelo incêndio florestal de  Las Conchas que causou a evacuação compulsória da cidade de Los Alamos. Apenas empregados  que constam de uma lista de acesso de serviços essenciais tiveram acesso permitido ao Laboratório durante o fechamento. Todos os outros foram instados a permanecer fora do local até que instalações têm sido reabertas de maneira segura.

O incêndio de Las Conchas queimou cerca de 49 mil hectares de florestas, cânions, chapadas, a sul e oeste do Laboratório até o momento da edição desta notícia.

O Laboratório de Los Alamos é um laboratório nacional do Departamento de Energia dos EUA, gerenciado e operado pela Los Alamos National Security, localizado em Los Alamos, Novo México. O laboratório é uma importante instituição nacional de  pesquisa de segurança, fornecendo soluções científicas e de engenharia para os problemas mais cruciais e complexos do país. A responsabilidade principal do  Laboratório de Los Alamos é garantir a segurança, a segurança e a confiabilidade de dissuasão nuclear do país.

Segue um vídeo preparado pela MSNBC detalhes da situação da Los Alamos no dia 27.06.2011, no dia que duas outras instalações nucleares americanas, em Dakota e Nebraska, estavam sendo ameaçadas por enchentes:

Material pesquisado na Internet e imprensa.

julho 1, 2011 at 2:59 am Deixe um comentário


julho 2011
S T Q Q S S D
« dez   ago »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Blog Stats

  • 84,434 hits

Tópicos recentes

Páginas