Archive for julho 29, 2010

Explosões de oleodutos criam desastre ambiental para a China – 16.07.2010

As chamas que engoliram o porto de Dalian, cidade costeira no nordeste da China, na Província de Liaoning, no dia 16 de julho de 2010, uma sexta-feira, depois da ocorrência de explosões em dois oleodutos, foram extintas depois de 15 horas de combate.

Mais de 2.000 homens e 338 caminhões de bombeiros de 14 cidades em toda a província trabalharam durante a noite para apagar o fogo.

O acidente despertou a atenção da cúpula de comando da China, tanto que o presidente Hu Jintao e o premiê Wen Jiabao emitiram instruções para as operações de emergência. O vice-premiê Zhang Dejiang acorreu ao local de incêndio na própria sexta-feira para dirigir os trabalhos de resgate.

A Força Aérea Chinesa enviou duas aeronaves do tipo Yunshu-8 para a operação de salvamento, carregando 17,8 toneladas de agente extintor de incêndios.

A explosão inicial ocorreu às 06h00 da sexta-feira dia 16 de julho de 2010 em um tubo de transporte de petróleo de grande um navio de bandeira liberiana para um tanque de armazenamento do porto atingindo um oleoduto de 0,9 metros de diâmetro, causando uma explosão em um duto secundário nas proximidades. Este navio acabou deixando o porto intacto. As autoridades estão investigando a participação deste navio na catástrofe.

Os dois oleodutos inicialmente atingidos são de propriedade da China National Petroleum Corp. O incêndio no oleoduto maior foi extinto por volta da meia-noite, mas pelo menos cinco explosões subseqüentes agravaram o fogo no oleoduto menor.

Um porta-voz da brigada de incêndio Dalian disse anteriormente que foi muito difícil para os trabalhadores desligar a bomba de óleo no oleoduto menor por causa de falhas mecânicas causadas pelo fogo, e derrames de petróleo que agravaram a situação de incêndio dificultando o acesso. Os bombeiros tiveram que desligá-lo manualmente, o que levou muito mais tempo

Os oleodutos danificados liberaram milhares de litros de petróleo, que fluíram para o porto e para o Mar Amarelo. A quantidade total de petróleo derramado ainda não foi definida, embora a China Central Television tenha informado uma estimativa anterior de 400.000 galões, em comparação com os 184 milhões de galões estimados no derramamento de óleo da BP ao largo da costa da Louisiana nos EUA. A mancha de óleo em Dalian atingiu pelo menos, 430 quilômetros quadrados, obrigando as praias e as instalações portuárias a fechar, enquanto os funcionários públicos e pescadores locais trabalham para conter e limpar o derramamento. Vejam coletânea de fotos desta catástrofe em apresentação preparada pelo Conselho Editorial do Site RISCO:

Felizmente, ninguém ficou ferido pelo inferno de fogo maciço que produziu um brilho que poderia ser visto a quilômetros de distância. Mas um bombeiro veio a falecer depois já nas operações ligadas ao meio ambiente, especificamente ao vazamento de petróleo.

julho 29, 2010 at 7:56 pm Deixe um comentário


julho 2010
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Blog Stats

  • 93.433 hits

Páginas

mais acessados

  • Nenhum