Archive for fevereiro 25, 2010

Fogos de artifício provocam incêndio em antigo portal da Cidade de Zhengding na Província de Hebei na China – 18.02.2010

Um velho ditado chinês diz que extrema alegria gera tristeza.

Esse foi o caso na noite do dia 18.02.2010 quando fogos de artifício incendiaram o último portal antigo na cidade de Zhengding, na província de Hebei, norte da China.

O incêndio na torre, no portão sul da antiga muralha da cidade Zhengding, teve início às 20h19, e foi debelado em torno da meia-noite. Sem deixar vítimas ou feridos.

Pelo menos 17 carros do Corpo de Bombeiros local conseguiram apagar o fogo depois de quase quatro horas de trabalho. O incêndio destruiu o piso superior e as fundações do portal foram severamente danificadas.

Um funcionário do departamento de relíquias culturais de Zhengding, Sr. Wang, disse que o portal será reconstruído.  Adiante Wang disse que as autoridades irão reforçar a segurança em torno de relíquias culturais e manter fogos de artifício a uma distância de no mínimo 100 metros das mesmas.

A cidade velha de Zhengding tem mais de 1600 anos de história. A movimentação de terra para a construção de uma fortificação começou no período Jin Oriental, os trabalhos em pedra começaram no período Zhou do Norte, e foram expandidos durante a Dinastia Tang em uma construção de terra. Posteriormente os trabalhos de fortificação foram expandidos durante a dinastia Ming em 24 li (1 li=1/2km), agora em tijolos. Hoje os poucos trechos da antiga muralha da cidade de Zhengding remanescentes são relíquias da dinastia Ming. As quatro portas mais imponentes cidade de Zhengding eram: a Porta Leste de Yingxu , alterado posteriormente para Huancui, a Porta Sul de Changle, a Porta Oeste Zhenyuan, e a Porta Norte de Yongan. Ao longo de anos de erosão, os portões norte e oeste perderam a sua antiga glória. O portão leste foi perdido através da construção decorrente da expansão da cidade.

O atual portão sul, com 50 metros de muros da cidade de cada lado, foi restaurado em 2001 através de uma iniciativa de funcionários de Zhengding que apelaram aos moradores da cidade para doar tijolos antigos.  Foram investidos 3,99 milhões de RMB para a restauração desta relíquia. Este trabalho foi praticamente perdido com o recente incêndio…

De acordo com o “CHINA News Service”, em release de 19 de fevereiro, as autoridades locais disseram que uma investigação preliminar confirmou que os fogos de artifício atearam fogo ao portal. O relatório não informou se os responsáveis foram presos.

O incêndio deste portal trouxe de volta as lembranças de alguns dos incêndios do ano passado, como o que aconteceu no recém-concluído complexo da China Central Television (CCTV) em Pequim, cujo incêndio também iniciado por fogos de artifício. O edifício de 30 andares, projetado pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas, foi consumido pelas chamas no dia 9 de fevereiro de 2009, durante o Festival de Lanternas da China. O incêndio matou um bombeiro e feriu outros seis, bem como feriu dois trabalhadores da construção civil.

Um relato sobre este sinistro consta deste Blog e pode ser visto no link: Sinistro do Hotel Mandarin em Beijing – vídeos amadores registram a gênese desta catástrofe – 09.02.2009. Naquele sinistro registraram-se perdas financeiras que totalizaram 163,83 milhões de RMB (aproximadamente US$ 24 milhões). Um total de 71 pessoas, incluindo Zhao Huayong, ex-chefe da CCTV, e seu vice, Li Xiaoming, foram responsabilizadas pelo fogo, conforme anúncio recente do Conselho de Estado Chinês.
Os últimos números divulgados pelo governo municipal de Pequim mostram que 90 incêndios ocorreram na capital em 2010. Um total de 347 acidentes causados por fogos de artifício foram registrados entre a noite de Ano Novo e o dia 18 de fevereiro, quando ocorreu o sinistro de Zhengding. Enquanto isso, o jornal Nanjing Morning Post também informou em 19 de fevereiro que os hospitais em todo o leste da cidade registraram o atendimento de muitas vítimas de acidentes causados por fogos de artifício.

Autoridades chinesas detonaram fogos de artifício ilegais apreendidos durante o último feriado do Ano Novo Lunar em Pequim. Segundo autoridades locais, 35 pessoas foram mortas em incêndios durante a semana de férias, em virtude de incêndios provocados por pessoas que soltaram fogos de artifício ilegalmente. O governo chinês estima que esses incêndios causaram mais de US$ 4,2 milhões em prejuízos para o país.

fevereiro 25, 2010 at 10:21 pm Deixe um comentário


fevereiro 2010
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

Blog Stats

  • 94.062 hits

Páginas

mais acessados

  • Nenhum