Archive for outubro, 2007

Catastrófico incêndio florestal devasta a Califórnia e chega ao México OUT.2007

22.10.2007 Incêndios deixam a Califórnia em estado de emergência
Notícias da BAND NEWS:


23.10.2007 Fogo na Califórnia


 

Mais de 250 mil pessoas, número final ainda indeterminado, foram obrigadas a abandonar suas casas na Califórnia para fugir dos incêndios que se espalham pelo Estado americano.Cerca de 1,5 mil soldados da Guarda Nacional foram enviados à região atingida para ajudar os bombeiros a combater o fogo, alimentado por fortes ventos. Notícias da BBC Brasil:

24.10.2007 Fogo que devasta o sul da Califórnia chega ao México

Notícias da BAND NEWS:


Os incêndios florestais são muito complexos, pois tem ingredientes de controle muito difícil, geralmente ocorrem em épocas de seca, em florestas densas, de difícil acesso e na presença de ventos fortes e constantes que não só propagam as chamas para as árvores próximas, como também propagam fagulhas que alastram o fogo criando novos focos em áreas distantes das áreas já deflagradas. O meio habitual de combate é pela abertura de aceiros, uso de abafadores manuais, água com espuma, aspergida do solo e do ar através de aviões e helicópteros. Para esta finalidade há espumas especiais com características tridimensionais adequadas ao fogo em florestas.

Um fator complicador é que muitas árvores são produzem resinas altamente combustíveis que fomentam o fogo aumentando sua violência e intensidade de propagação. As espumas citadas levam este fator em consideração.

[Vídeos originalmente armazenados no Google Vídeo (desativado) restabelecidos com cópia do Youtube em 28/05/2013]

Anúncios

outubro 26, 2007 at 9:00 pm Deixe um comentário

Fogo iniciado na cozinha de um dos restaurantes destrói um Shopping Center na Austrália 30.03.2007

Conforme a notícia abaixo, um incêndio que começou na cozinha de um restaurante rapidamente atingiu o teto de onde se alastrou para boa parte do shopping que terá que ser demolido. Dezenas de locais de trabalho foram perdidos. No total 45 bombeiros e 12 viaturas atenderam a ocorrência e levaram mais de 2 horas para debelar o fogo.O shopping foi evacuado e vários residentes próximos tiveram que abandonar as suas casas às pressas somente com as roupas que vestiam. O prejuízo foi muito grande e ainda estava sendo determinado. Vejam a notícia da 7 NEWS da Seven Network Ltd Austrália:

Transpondo este exemplo doméstico para cozinhas de restaurantes e industriais a situação se reveste de uma gravidade bem maior, No primeiro vídeo se viu a destruição de um Shopping Center na Austrália, mas o risco de acidentes gravíssimos com o pessoal destes restaurantes é que tem que ser levado em consideração ao ser projetado o sistema de proteção contra incêndio. A escolha do meio extintor e a disposição da aplicação do mesmo sobre as áreas de riso é um assunto para profissionais de experiência e deve ser também um ponto de atenção das seguradoras.

Há material detalhado sobre a proteção de cozinhas de restaurantes no artigo “Visite a Nossa Cozinha” da página 2 do informativo em PDF que pode ser acessado através do link: http://www.risco.com.br/Boletins/Risco-04.pdf .

O combate a incêndio em cozinhas é um assunto específico e o fogo em óleo numa simples frigideira doméstica pode atingir proporções catastróficas se “combatido” de uma maneira errada. Podendo levar à mutilações e até à mortes. Um grupo de prevenção de acidentes domésticos inglês preparou um ensaio em condições reais mostrando como um fogo numa frigideira deve ser apagado e como não deveria. Este vídeo é impressionante, em especial por seu final.

         

[Vídeos originalmente armazenados no Google Vídeo (desativado) restabelecidos com cópias do Youtube em 28/05/2013]

 

outubro 23, 2007 at 6:49 pm Deixe um comentário

Fogo no terminal de armazenamento de combustíveis de Buncefield em Hertfordshire – Inglaterra – 11.12.2005

Às 6:03 horas do dia 11 dezembro 2005 uma série de explosões e de fogos subseqüentes engolfou o depósito de combustíveis de Buncefield em Hemel Hempstead, a 40 quilômetros de Londres.

O depósito, operado pela Total e pela Texaco, fornecia para o aeroporto de Heathrow entre outras instalações principais na área.

Este incêndio foi descrito mais tarde como o maior ocorrido na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

Aproximadamente 250 bombeiros, 26 bombas de combate ao fogo e 20 veículos da sustentação combateram as chamas, que duraram diversos dias. Um conglomerado de propriedades de negócios nas proximidades do depósito de combustíveis sinistrado sofreu os danos físicos severos. A integridade estrutural de muitos dos edifícios no local foi posta em dúvida depois da explosão inicial. Mesmo edifícios situados a distâncias superiores a 800 metros do local foram danificados. Os seguradores enfrentaram milhões de libras em perdas.

A explosão sozinha registrou o valor 2.4 na escala de Richter! E o seu ruído foi ouvido do outro lado do Canal da Mancha, na França e na Holanda. Vejam algumas fotos desta catástrofe: 

 

Após uma série de especulações que incluíram a ocorrência de um atentado com o uso de um avião de pequeno porte, visto que o depósito atingido é atravessado por várias rotas aéreas e se localiza próximo a aeroportos a causa real foi determinada. A comissão de investigação oficial chegou à conclusão que a chave bóia de enchimento de um dos tanques emperrou e permitiu que fosse bombeada gasolina por 40 minutos num tanque que já estava cheio. 

Adicionalmente e concomitantemente um mecanismo de prevenção de transbordamento de combustível que deveria também emitir uma sinalização de alarme para a sala de comando central do depósito falhou. A nuvem de vapor conseqüente que se criou sobre a área do depósito de combustível foi a origem da terrível explosão inicial que se alastrou por mais de um quilômetro no entorno da área adjacente. 

Este acidente certamente ficará nos anais da história de combate a incêndio, controle de catástrofe, especificação de seguro, realização de planos de emergência de empresas, rotinas de segurança de dados, consideração de riscos por lucros cessantes de empresas localizadas próximas a depósitos de combustíveis deste tipo, e assim por diante. O leque de considerações decorrentes deste acontecimento é muito amplo dado às repercussões, técnicas, econômicas, sociais e ambientais decorrentes do fato.  

Neste inferno todo que durou vários dias mais de 40 pessoas foram feridas, mas por sorte não se contabilizaram casos fatais.

 

 

Abaixo uma reportagem de uma emissora local sobre esta catástrofe:

 

 


[Vídeos originalmente armazenados no Google Vídeo (desativado) restabelecidos com cópias do Youtube em 05/06/2013]

 

outubro 11, 2007 at 12:53 am 3 comentários

Incêndio em usina de álcool na Região de Ourinhos – 01.10.2007

Dia 1 de outubro de 2007 pela manhã, um dos tanques da usina de uma usina de álcool em Cantá na região de Ourinhos explodiu depois de ser atingido por um raio. Os outros dois também foram atingidos. Os tanques tinham a capacidade para 3 milhões de litros cada. O fogo durou mais de 12 horas e só cessou com a queima total do combustível. Infelizmente contabilizaram-se 13 vítimas, dentre elas uma fatal e duas em estado grave.
Veja Reportagem da TV Globo:

 Este é um assunto muito atual e chama a atenção de muitos técnicos do ramo. O que a reportagem deixa entender é que não havia meios de proteção fixa (câmaras de espuma e os correspondentes equipamentos geradores de espuma) para os tanques, ao que tudo indica também não havia proteção dos diques de contenção tampouco sistemas para emergências tipo caídas de raios. Podem não ter operado a contento, uma verificação concreta seria possível só com um laudo técnico. Mas, o que se nota é a preocupação crescente com a proteção de “parques de tanques de armazenamento de combustível” de maneira a favorecer um combate que propicie a possibilidade de recuperação tanto do tanque em si como do combustível remanescente na maior quantidade possível.


[Vídeo originalmente armazenado no Google Vídeo (desativado) restabelecido com cópia do Youtube em 05/06/2013]

outubro 6, 2007 at 1:24 am Deixe um comentário

Acidente seguido de incêndio na ponte Tappan Zee – EUA – 01.07.2007

Esta ponte tem 4.881m de comprimento e liga Nyack a Rockland sobre o rio Hudson, fazendo a ligação entre Nova Iorque e Nova Jersey nos Estados Unidos. É uma ponte composta com uma parte central realizada em estrutura de aço inaugurada em 1955:

TappanZeeBridgeFromBelow

O vídeo abaixo mostra um terrível acidente, com uma vítima fatal, que aconteceu no acesso da ponte, onde a mesma é em concreto. A quantidade de calor do incêndio pode se tornar crítica para a estrutura de concreto protendido da ponte. Dai a necessidade das autoridades que gerenciam este tipo de empreendimentos de prever este tipo de riscos e prover meios de combate rápido para minimizar a carga de calor sobre a estrutura. Trata-se de um vídeo amador que tem a qualidade de não ter cortes ou qualquer tipo de trucagem:


[Vídeo originalmente armazenado no Google Vídeo (desativado) restabelecido com cópia do Youtube em 06/06/2013]

outubro 6, 2007 at 12:38 am Deixe um comentário

Incêndio do Vôo 120 da China Airlines – 20.08.2007

Um incêndio que poderia ter sido minimizado o risco aos passageiros que, neste caso conseguiram escapar, e os danos ao equipamento, que no caso teve perda total:

800px-China_Airlines_B-18616_fire

Neste exemplo pode se notar o quão vital é o tempo de resposta do pessoal do corpo de bombeiros do aeroporto em questão, neste caso o filme permite cronometrar o tempo que levou para as equipes de combate chegarem ao local do sinistro que foi em frente à área de desembarque. O avião já havia se partido ao meio antes do início dos trabalhos de extinção.


[Vídeo originalmente armazenado no Google Vídeo (desativado) restabelecido com cópia do Youtube em 06/06/2013]

outubro 5, 2007 at 9:55 pm Deixe um comentário

Incêndio no USS Enterprise – 14.01.1969

USS Enterprise (CVN-65), ex-CVA (N) -65 é um porta-aviões da Marinha dos EUA que foi descomissionado em 2013. Esta belonave foi o primeiro porta-aviões nuclear do mundo e o oitavo navio da Marinha dos Estados Unidos a ostentar o nome Enterprise. Como seu predecessor da II Guerra Mundial a fama, ele foi apelidado de “Big E”. Com 342 m, ele é o maior navio da marinha do mundo. Suas 94.781 t de deslocamento classificam-no como o 11o porta aviões em deslocamento, após os 10 porta-aviões da classe Nimitz. O Enterprise tinha uma tripulação de cerca de 4.600 pessoas.

800px-USS_Enterprise_(CVN-65)

Na manhã de 14 de janeiro de 1969, enquanto era escoltado pelos destróieres USS Benjamin Stoddert (DDG-22) e USS Rogers (DD-876), um foguete tipo MK-32 Zuni carregado em um avião F-4 Phantom estacionado no deck do Enterprise explodiu devido ao fato desta peça de artilharia ter sido superaquecido por uma unidade auxiliar de partida de motores de aeronaves montada em um trator reboque. A explosão desencadeou incêndios e explosões adicionais em todo o convés de vôo. Os focos de incêndio foram controlados de forma relativamente rápida (quando comparado com incêndios anteriores em conveses de porta-aviões), mas 27 vidas foram perdidas e um adicional de 314 marinheiros ficaram feridos. O incêndio destruiu 15 aeronaves, e o dano resultante forçado Enterprise a rumar para reparos realizados no Estaleiro Naval de Pearl Harbor, principalmente para reparar blindagem do convés de vôo. Em 1 º de março de 1969, os reparos no navio foram concluídos e a belonave seguiu para a sua missão programada em ‘WestPac’ no Vietnã e no Golfo de Tonkin. Estes destinos seriam adiados pelo desenrolar dos acontecimentos no Mar do Leste no Japão.

Este sinistro demonstra a gravidade com a qual um incêndio pode afetar uma belonave, no caso um porta-aviões. Este tipo de acidente esclarece a procura feita com o auxilio de renomados fabricantes, como a ANSUL, de soluções para o uso de água salgada para a formação de espuma para o combate de incêndios em navios. Isto foi obtido e os navios não tiveram mais que carregar grandes quantidades de água doce para combate a incêndios. Veja breve vídeo do incêndio

Newsletter sobre o assunto espumas classe B: http://www.risco.com.br/NL/MOL/08/Espumas-B.htm


[Vídeo originalmente armazenado no Google Vídeo (desativado) restabelecido com cópia do Youtube em 06/06/2013]

outubro 5, 2007 at 9:48 pm Deixe um comentário

Posts antigos


outubro 2007
S T Q Q S S D
    nov »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Blog Stats

  • 84,434 hits

Tópicos recentes

Páginas